Arquivo da categoria: Veículo Elétrico Latino-Americano

Evento sobre mobilidade elétrica reuniu cerca de 4.300 pessoas no Pacaembu

evento sobre eletromobilidade
“Veículo Elétrico Latino-Americano”: um evento sobre mobilidade elétrica seguro, repleto de novidades tecnológicas e com boa presença de público.

O “VE Open”, um evento sobre mobilidade elétrica que incluiu a exposição “Veículo Elétrico Latino-Americano”, o “Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos” (C-MOVE) e o passeio “Dia da Mobilidade Elétrica”, reuniu cerca de 4.300 pessoas entre os dias 22 e 26 de setembro na Praça Charles Miller e no Auditório do Museu do Futebol, no Pacaembu, em São Paulo (SP).

“Apesar de todas as dificuldades que vivemos nos últimos meses e das limitações impostas pela pandemia, conseguimos realizar um evento sobre eletromobilidade seguro e, mais uma vez, bastante relevante para o mercado brasileiro da eletromobilidade, reunindo fabricantes, importadores, fornecedores do setor, membros do governo e da academia, diversas entidades deste segmento e, também, consumidores finais que estão cada vez mais interessados em conhecer os benefícios dos veículos elétricos”, afirma Ricardo Guggisberg, fundador do “Veículo Elétrico Latino-Americano” e presidente do Instituto Brasileiro de Mobilidade Sustentável (IBMS), uma das entidades que apóiam o evento.

“Foi um evento disruptivo, que mostrou uma grande evolução em relação às edições anteriores, segundo os próprios participantes e o público presente”, acrescenta.

O evento sobre mobilidade elétrica “Veículo Elétrico Latino-Americano”, em sua 16ª edição, reuniu cerca de 40 empresas (incluindo grandes montadoras de automóveis e empreendedores que operam dentro da eletromobilidade no País, incluindo os mais diferentes, curiosos e divertidos veículos, como automóveis, motocicletas, scooters, patinetes, bicicletas, triciclos, carro-forte, ônibus, caminhão e diferentes tipos de veículos comerciais – todos eletrificados.

Vários visitantes e até jornalistas compararam a feira a um episódio do famoso desenho “Os Jetsons”, criado em 1962, que mostrava o dia a dia de uma família num mundo futurístico cheio de veículos como alguns expostos neste evento sobre mobilidade elétrica.

VISITANTES APROVAM EVENTO SOBRE MOBILIDADE ELÉTRICA

“Hoje sou um visitante entusiasta. Achei o evento bem bacana porque tem desde a micromobilidade – então vi bastante patinete, pequenos veículos elétricos – até carros caríssimos, como o Porsche e o modelo da Tesla, que eu sempre quis ver ao vivo e foi um dos motivos para eu vir aqui. Achei o Porsche fantástico, mas também encontrei várias bicicletas elétricas interessantes. Gostei muito do que eu vi”, conta Bruno Modesto, um dos visitantes.

Para as empresas presentes, o “Veículo Elétrico Latino-Americano” também gerou contatos e até negócios, como foi o caso da Electric Mobility Brasil.

“Como nós vivemos uma curva ascendente no mercado da mobilidade elétrica brasileira, um evento desse porte é muito importante para reunir diferentes players e também difundir informações para o usuário final. No nosso caso, tivemos a visita de quase 1.000 pessoas nos três dias de feira. Um público qualificado e interessado nos nossos produtos, incluindo concessionárias de marcas como Nissan e GM. E tivemos, pelo menos, duas novas vendas que devem ser fechadas em breve, além de muitos contatos importantes que devem gerar novos negócios ainda neste ano”, revela Jo Achim Liebert, gerente geral da Electric Mobility Brasil, uma das empresas pioneiras no segmento de recarga de veículos no Brasil.

PÚBLICO REALIZA PERTO DE 1.300 TESTES EM DIFERENTES VEÍCULOS

Uma demonstração de como o público brasileiro está, realmente, interessado em conhecer melhor a mobilidade elétrica foi a quantidade de testes realizados em três dias.

Foram cerca de 1.300 experimentações dos visitantes, que tiverem a oportunidade de conduzir os mais diferentes veículos elétricos, incluindo carros, motocicletas, scooters, bicicletas e patinetes.

“Participamos de todas as edições. O Veículo Elétrico Latino-Americano consegue envolver todo o mercado ligado com o projeto de eletrificação. É o evento mais importante da América Latina nessa área”, afirma Iêda Maria Alves de Oliveira, diretora da Eletra, referência nacional e internacional em transporte público sustentável.

O “Veículo Elétrico Latino-Americano” também foi palco de diversos lançamentos que ainda nem chegaram às lojas brasileiras, como o novíssimo Peugeot e-208 GT, da motocicleta SHE 3000 da Shineray, da marca de patinetes elétricos brasileiros Davinci Micromobilidade e de novos e modernos carregadores de carros elétricos.

130 ESPECIALISTAS PARTICIPARAM DO CONGRESSO

130 profissionais ou estudiosos da eletromobilidade, incluindo especialistas internacionais, participaram do “Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos” (C-MOVE), durante três dias. Foram quase 30 apresentações abordando a questão da eletromobilidade sob os mais diferentes pontos de vista.

“O resultado deste evento sobre mobilidade elétrica foi muito positivo. A gente conseguiu conhecer vários players desse mercado, o que deixou a discussão muito rica”, acrescenta a executiva da Eletra. Foi a terceira edição do C-MOVE. Desta vez, foi um congresso híbrido (presencial e online), com uma plateia média em torno de 300 pessoas.

DIA DA MOBILIDADE ELÉTRICA BATE RECORDE

Automóveis, motocicletas, caminhões, ônibus, bicicletas, monociclos, patinetes e triciclos, todos eletrificados, participaram, no dia 25, da quinta edição do “Dia da Mobilidade Elétrica”. Um passeio somente com veículos elétricos pela cidade, cruzando toda a Avenida Paulista.

O passeio bateu recorde de público e veículos. Foram mais de 350 pessoas, entusiastas da mobilidade elétrica, e cerca de 250 veículos diferentes! A caravana foi liderada por três carros-madrinha expostos na feira: o primeiro carro-forte elétrico do mundo, um Nissan Leaf e um veículo de serviço da Enel X.

“A adesão do consumidor final ao Dia da Mobilidade Elétrica neste ano foi muito expressiva. Definitivamente, a eletromobilidade vive um momento muito importante no Brasil e no mundo”, afirma Ricardo Guggisberg.

“O Dia da Mobilidade Elétrica reuniu uma galera animada e unida, todos em prol do desenvolvimento do nosso setor”, disse Márcio Canzian, CEO da Eletricz, referência em monociclos elétricos, micros modais que também tiveram grande participação no passeio.

PRESS RELEASE COMPLETO:

FOTOS EM ALTA RESOLUÇÃO:

Exposição sobre veículos elétricos começa nesta quinta-feira (23) na Praça Charles Miller

veiculo elétrico
O moderno Fiat 500e, lançado em agosto no mercado brasileiro, será uma das atrações do “Veículo Elétrico Latino-Americano” em São Paulo (SP).

A exposição “Veículo Elétrico Latino-Americano” vai acontecer nos dias 23 (quinta-feira), 24 (sexta-feira) e 25 (sábado), na Praça Charles Miller, no Pacaembu, das 12h às 20h. Será um encontro aberto, seguro, seguindo rigorosamente as determinações da Prefeitura para realização de eventos na capital.

Junto da feira, nos dias 22, 23 e 24, vai acontecer em paralelo, dentro do Estádio do Pacaembu, o “Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos” (C-MOVE) com a presença de 130 especialistas, incluindo os Secretários Municipais Ricardo Teixeira e César Azevedo.

Em sua 16ª edição, o “Veículo Elétrico Latino-Americano” é a mais importante e tradicional exposição brasileira sobre o mercado da eletromobilidade no País, reunindo fabricantes e importadores de diferentes veículos eletrificados, produtos e tecnologias desse segmento.

“Esse evento vai marcar a união do mercado brasileiro da eletromobilidade, mostrando tendências e caminhos que vão nortear essa área daqui para frente e contribuir para o seu desenvolvimento”, afirma Ricardo Guggisberg, fundador do “Veículo Elétrico Latino-Americano” e presidente do Instituto Brasileiro de Mobilidade Sustentável (IBMS), uma das entidades que apóiam o evento.

VEÍCULO ELÉTRICO DE VÁRIOS TIPOS NO EVENTO

Entre os participantes, estarão montadoras de automóveis, como Nissan, Fiat, Peugeot e BYD, o representante brasileiro da Tesla, marcas de motocicletas como Bull Motors e Shineray, locadoras de veículos elétricos como Unidas, Movida e Lease Plan, empresas especializadas em carregamento de veículos elétricos como Zletric, Power2go e Electric Mobility Brasil, novos patinetes elétrico feitos no Brasil (da Davinci Micromobilidade), fornecedores de bicicletas, quadriciclos, triciclos e scooters elétricos como a Elemovi, as sofisticadas bikes elétricas importadas produzidas pela Specialized, um ônibus e um caminhão elétricos da Eletra e o primeiro carro-forte elétrico do mundo (do Grupo Protege).

Confira um resumo das atrações:

STELLANTIS (FIAT E PEUGEOT)

O gigantesco grupo automotivo que reúne diversas marcas terá um estande próprio na feira. Nele serão expostos um carro da Fiat e outro da Peugeot. A Fiat lançou no mercado brasileiro, no mês passado, o modelo 500e, 100% elétrico. Ele será exposto em um evento brasileiro pela primeira vez.

O Fiat 500 é um ícone global da indústria automotiva, que acaba de chegar ao mercado brasileiro completamente renovado, tanto em termos de design, tecnologia e conectividade quanto em sua mobilidade inteligente: totalmente elétrico em sua terceira geração. O veículo apresenta autonomia de 320 km. Testes realizados pela Fiat indicaram que o carro pode chegar a 460 km de autonomia rodando em condições ideais.

O modelo da Peugeot será o novíssimo 208e-GT, cujo lançamento no Brasil vai ocorrer nas próximas semanas. Será a primeira apresentação do carro no Brasil.

NISSAN

A Nissan terá um estande repleto de atrações e onde estarão em exposição dois Nissan Leaf, o carro 100% elétrico ícone mundial do segmento. Outras duas unidades do Nissan Leaf vão estar na área de test drive do evento e poderão ser experimentadas pelos visitantes.

Para promover uma maior imersão dos visitantes no mundo da eletrificação e da mobilidade inteligente, o estande da marca japonesa terá atividades como bicicletas que produzem energia com o pedalar do ciclista, um gerador Van der Graaf – dispositivo que faz os cabelos da pessoa que o toca ficarem “eletrizados” – e o painel E-Switch, que permite conhecer os detalhes do Nissan Leaf, seus equipamentos e até customizar itens do modelo, tudo projetado em um telão de LED.

A Nissan é pioneira mundial na fabricação de veículos elétrico em grande escala, sendo que até hoje o Leaf já teve mais de 500 mil unidades comercializadas em todo o mundo. O modelo também é um dos carros 100% elétricos mais vendidos do Brasil.

Recentemente, a empresa anunciou a segunda fase de seu Plano de Eletrificação no Brasil, que inclui a ampliação da rede de concessionários que vende o Nissan Leaf de 7 para 44 lojas em todo o país, ações no campo da pesquisa e desenvolvimento e, ainda, de parcerias para desmistificar a mobilidade elétrica e apoiar a melhoria da infraestrutura local.

TESLA

Pela primeira vez no Brasil um carro elétrico da norte-americana Tesla participará de um evento no Brasil. Os carros da marca começaram a ser vendidos no Brasil em março deste ano, por meio d e uma representante brasileiro, a Osten Group.

Em seu estande, a Osten vai expor o Model Y Performance, um SUV totalmente elétrico. Ele é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 3,7 segundos, tem potência de 456 cv e bateria com 480 km de autonomia.

O modelo foi projetado para transportar até cinco adultos, combinando versatilidade e segurança, com desempenho superior na categoria. O carro é vendido no Brasil por R$ 780.000, mas está disponível também para locação, pelo valor de R$ 21.945 mensais (contrato de dois anos).

BYD

A BYD vai expor o furgão 100% elétrico eT3, um dos cinco veículos eletrificados mais vendidos do mercado brasileiro em 2021. O modelo tem autonomia de 300 km e sua bateria pode ser completamente carregadas em até duas horas. Ele possui capacidade para transportar até 720 kg de carga e espaço no compartimento para 3,3 mil litros.

MUUV

A empresa é hoje uma das principais referências no setor de mobilidade elétrica do Brasil, com uma linha completa de opções. No evento, vai apresentar novidades em sua extensa linha de scooters (linhas Beach, Custom e Chopper), bikes elétricas (Fat Street, Mini M6 e modelos aro 29), patinete (Black X) e motos (MS5 e Vespa).

FLIPON

A FlipOn inicia as suas operações na capital paulista no dia 3 de outubro, portanto o evento servirá para mostrar ao público como a plataforma funciona. A FlipOn já iniciou uma nova invasão dos patinetes de aluguel, com início de operação em nove cidades brasileiras – deve chegar a 50 localidades até o final do ano. Em breve, estará à disposição dos usuários um modelo de carro elétrico. A micromobilidade e o compartilhamento são os focos principais do projeto FlipOn, em conformidade com o crescimento das áreas de ciclovias e faixas exclusivas para bicicletas e mobilidade elétrica nas principais cidades brasileiras.

SHINERAY

A Shineray fará três lançamentos no evento: as motos SE1, SE2 e SHE 3000 – que chegam às lojas entre novembro e o início de 2022. A Shineray levará cerca de 17 veículos, incluindo 10 modelos diferentes, entre scooters (derivados de patinetes elétricos, com 2.000 W de potência) e cicloelétricos de 2.300 W.

O novo modelo SHE 3000 é um Street elétrico, com potência de 3.000 W, o que vai proporcionar um aumento de desempenho significativo em relação aos modelos atuais. A SHE 3000 tem autonomia de 120 km e atinge velocidade máxima de 80 km/h.

As motos elétricas da Shineray custam entre R$ 7.390 e R$ 16.990 em Recife (PE). Suas vendas de elétricos tiveram início em janeiro de 2021 e devem atingir entre 8 e 10 mil veículos até dezembro.

DAVINCI MICROMOBILIDADE

Outro lançamento interessante do evento serão os patinetes da marca Davinci Micromobilidade.  Será a primeira apresentação ao público dos dois modelos que entram em pré-venda no dia 22 de setembro.

A empresa é pioneira na fabricação e venda de patinetes elétricos específicos para mobilidade urbana, de alta qualidade, feitos no Brasil (em Manaus). O modelo mais simples, o DV1, por exemplo, custa R$ 5.499,00 e tem motor com 250 W e autonomia de 25 km.

BULL MOTORS

A Bull Motors comercializa motos elétricas desde 2015 com a marca Íon. A empresa possui três modelos (com preços entre R$ 11.499 e R$ 13.499), e todos serão expostos em seu estande.

Os modelos Eko City e Eko Sport possuem potência de 1.200 W, enquanto o Eko Hunter tem 2.000 W. A empresa planeja vender 1.000 motos elétricas em 2021 e planeja atingir um volume de 4.400 unidades em 2024. Suas motos são montadas em Aparecida de Goiânia (GO), pelo regime CKD, num investimento de R$ 10 milhões.

Mas a empresa está investindo mais R$ 10 milhões para iniciar a produção local de suas elétricas no Brasil a partir de 2022. Quando nacionalizadas, as motos deverão ficar até 20% mais baratas.

GRUPO PROTEGE

No ano em que completa 50 anos de história, o Grupo Protege apresenta uma inovação: o primeiro carro-forte 100% elétrico do mundo. São Paulo será a primeira cidade que vai ver de perto o projeto de sistema tração elétrico puro, que usa tecnologia nacional e foi desenvolvido em parceria com uma empresa centenária.

Durante 18 meses, profissionais da Protege em conjunto com a Eletra Industrial, empresa especializada em transporte sustentável do grupo Auto Viação ABC, investiram mais de R$ 1 milhão no desenvolvimento do veículo blindado elétrico.

Todo o projeto foi concebido para valorizar a sustentabilidade e ser uma alternativa para os próximos anos. O modelo foi estruturado em um chassi de carro-forte retirado de circulação, mitigando danos ambientais e incentivando o reaproveitamento de peças.

Os elementos que não foram contemplados no novo projeto, como motor a diesel, por exemplo, foram destinados para reciclagem. O novo layout também foi elaborado para propiciar maior segurança, mobilidade e conforto a equipe de vigilantes. O protótipo conta com autonomia de 75 km, tempo de recarga plena de 2h30 e emissão zero de gases poluentes na atmosfera.

Quando o veículo se encontra em operação, o sistema de baterias é continuamente recarregado pela tecnologia de frenagem regenerativa. Essa tecnologia amplia a autonomia do veículo e consome menos energia elétrica para o abastecimento.

ZLETRIC

Dentro da eletromobilidade, um mercado que está no centro dos debates e vive grande crescimento é o de carregamento de veículos elétricos. Uma nova lei na cidade de São Paulo, por exemplo, obriga a instalação de carregadores de veículos elétricos e híbridos em edifícios residenciais e comerciais da capital desde 31 de março. Uma das empresas que fornece esses equipamentos é a Zletric, que estará expondo suas soluções e tecnologias na feira.

JBA ENGENHARIA

Será exposto um veículo elétrico, o projeto eKar, construídos por alunos da Fatec. É um monoposto elétrico, feito totalmente com componentes nacionais.

TRUCKVAN

A Truckvan é a maior fabricante de Unidades Móveis do Brasil e referência em Implementos Rodoviários para o segmento de pesados. A empresa também possui um amplo portfólio de produtos para locação e atua na área de soluções para proteção de dados e Tecnologia da Informação. A companhia conta com mais de 500 funcionários e está localizada em uma planta de 70 mil m² em Guarulhos (SP).

CONGRESSO DA MOBILIDADE E VEÍCULOS ELÉTRICOS

Em paralelo à exposição “Veículo Elétrico Latino-Americano”, vai acontecer o “Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos” (C-MOVE). Este evento será realizado nos dias 22, 23 e 24 de setembro, das 9h às 18h. No primeiro dia, quarta-feira (22), às 8h30, vai acontecer a cerimônia de abertura do C-MOVE.

O C-MOVE será palco de 26 apresentações de, aproximadamente, 130 profissionais desse setor nos seus três dias – entre especialistas, profissionais da área, membros da academia, representantes de entidades do setor e autoridades governamentais.

Estão confirmadas as participações de dois secretários municipais de São Paulo. Ricardo Teixeira, Secretário Municipal de Mobilidade e Trânsito, estará presente no dia 23, às 16h45, do painel “Desafios do uso da eletromobilidade no transporte público”.

Já o Secretário Municipal de Urbanismo e Licenciamento, César Azevedo, participará no dia 24, às 11h45, do painel “Políticas públicas na redivisão dos espaços de uso público, absorvendo os novos modais”.

As apresentações poderão ser acompanhadas presencialmente ou pela Internet.

DIA DA MOBILIDADE URBANA

Outra atração, no dia 25, a partir das 8h, será o “Dia da Mobilidade Elétrica”. Será um passeio de veículos elétricos pela cidade, cruzando a Avenida Paulista e chegando até o Estádio do Pacaembu. Para participar, gratuitamente, o público pode se inscrever no endereço www.diadamobilidadeeletrica.com.br/quero-participar.

Mais informações em www.velatinoamericano.com.br.

CREDENCIAMENTO DE IMPRENSA

Termina hoje o credenciamento antecipado de imprensa para o “Veículo Elétrico Latino-Americano”. A credencial dará acesso total à exposição com os test-drives e a todas as apresentações do congresso. O acesso dos jornalistas às apresentações do Congresso estará sujeito à disponibilidade de lugares no auditório, devido aos protocolos de segurança estabelecidos para realização de eventos.

Para se credenciar, clique no link: https://bit.ly/2WEpD0S

PRESS RELEASE COMPLETO:

FOTOS EM ALTA RESOLUÇÃO:

Motos elétricas também serão atração no “Veículo Elétrico Latino-Americano”

Motos elétricas
Entre as motos elétricas, a Shineray SHE 3000 será lançada no “Veículo Elétrico Latino-Americano” com autonomia de até 120 km e velocidade máxima de 80 km/h.

Pelo menos duas marcas de motos elétricas confirmaram presença no “Veículo Elétrico Latino-Americano”: Shineray e Bull Motors. A Shineray anuncia que fará três lançamentos: as motos SE1, SE2 e SHE 3000 – que chegam às lojas entre novembro e o início de 2022. A Bull revela a produção local das suas motos elétricas.

Segundo José Edson, diretor de Operações da empresa, a Shineray levará cerca de 17 veículos, incluindo 10 modelos diferentes, entre scooters (derivados de patinetes elétricos, com 2.000 W de potência) e cicloelétricos de 2.300 W.

O modelo SHE 3000, por exemplo, é um Street elétrico, com potência de 3.000 W, o que vai proporcionar um aumento de desempenho significativo em relação aos modelos atuais. A SHE 3000 terá autonomia de até 120 km e será capaz de atingir uma velocidade de 80 km/h.

As motos elétricas da Shineray custam entre R$ 7.390 e R$ 16.990 em Recife (PE) – para outras regiões, o preço muda um pouco em função de frete e impostos. A Shineray vendeu, incluindo motos à combustão, perto de 20.000 unidades em 2020 e planeja dobrar esse volume neste ano. Suas vendas de elétricos tiveram início em janeiro de 2021 e devem atingir entre 8 e 10 mil veículos até dezembro (volume já incluso na previsão de 40.000 unidades).

MOTOS ELÉTRICAS MONTADAS EM PERNAMBUCO

As suas motos elétricas são importadas desmontadas (CKD) e montadas em sua fábrica de Cabo de Santo Agostinho (PE). A Shineray tem cerca de 160 revendas e todas comercializam produtos à gasolina e elétricos, mas a empresa decidiu criar, em paralelo, uma rede exclusiva para os elétricos.

Já existem seis concessionárias exclusivas de motos elétricas em São Luis (MA), Recife (PE), Aracaju (SE), Salvador (BA), Maceió (AL) e João Pessoa (PA) – e quatro serão abertas em 2021, em São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE) e Rio de Janeiro (RJ). “Até dezembro, teremos 10 lojas exclusivas para elétricos no estado de São Paulo”, revela o executivo.

Criada em 2003, a Bull Motors comercializa suas motos elétricas desde 2015 com a marca Íon. A empresa comercializa três modelos (com preços entre R$ 11.499 e R$ 13.499), e todos serão expostos em seu estande. Os modelos Eko City e Eko Sport possuem potência de 1.200 W, enquanto o Eko Hunter tem 2.000 W.

BULL MOTORS ANUNCIA PRODUÇÃO LOCAL

São mais de 320 pontos de vendas, sendo três na capital paulista. A empresa vendeu 300 motos elétricas no ano passado e tem uma meta bem planejada para os próximos anos, atingindo 1.000 unidades em 2022 e chegando a 4.400 em 2024.

As motos elétricas da Bull são montadas em Aparecida de Goiânia (GO), pelo regime CKD, num investimento de R$ 10 milhões. Mas a empresa está investindo mais R$ 10 milhões para iniciar a produção local de suas elétricas, em local ainda não divulgado.

“100% dos fornecedores serão brasileiros. Vamos democratizar esse tipo de veículo a partir de 2022. Os preços vão cair de 15% a 20%. É um produto que veio para ficar”, informa Felipe Nunes, diretor Financeiro e de Operações da empresa.

As motos da Bull são equipadas com baterias que possuem Grafeno em sua composição, o que lhes garante maior durabilidade e autonomia. É a única empresa do País a utilizar essa tecnologia. A Bull Motors ainda possui descarte certificado das baterias.

SOBRE O “VEÍCULO ELÉTRICO LATINO-AMERICANO”

O “Veículo Elétrico Latino-Americano” será um dos maiores e mais importantes eventos brasileiros da área da eletromobilidade. Será realizado em São Paulo (SP) e incluirá o “Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos” (C-MOVE), entre 22 e 24 de setembro, no auditório do Museu do Futebol, no Estádio do Pacaembu; a exposição de veículos, produtos e tecnologias com test-drive de elétricos, na Praça Charles Miller, entre 23 e 25 de setembro; e também o “Dia da Mobilidade Elétrica”, um passeio com veículos elétrico no dia 25.

Mais informações em www.velatinoamericano.com.br.

CREDENCIAMENTO DE IMPRENSA

Já está aberto o credenciamento de imprensa para o evento. A credencial dará acesso total à exposição com os test-drives e a todas as apresentações do congresso.

O acesso dos jornalistas às apresentações do Congresso estará sujeito à disponibilidade de lugares no auditório, devido aos protocolos de segurança estabelecidos para realização de eventos na cidade.

O credenciamento antecipado, para evitar filas na entrada, será permitido até o dia 20 de setembro.

Para se credenciar, clique no link: https://bit.ly/2WEpD0S

Para ler mais sobre o evento, clique aqui.

PRESS RELEASE:

FOTOS EM ALTA RESOLUÇÃO:

Locação de carro elétrico é oportunidade para conhecer de perto essa tecnologia

Locação de carro elétrico
Locação de carro elétrico vem sendo uma ótima oportunidade para o consumidor brasileiro conhecer de perto essa nova tecnologia.

Locação de carro elétrico é um negócio que vem crescendo. A locação cada vez maior de automóveis e veículos comerciais elétricos ou híbridos pode ser uma ferramenta importante para o consumidor brasileiro e algumas empresas conhecerem de perto e testarem na prática essa nova tecnologia. A previsão é do presidente da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla), Paulo Miguel Junior.

De acordo com ele, a ausência de políticas públicas capazes de incentivar a produção e a comercialização de veículos elétricos com preços mais acessíveis e também a pequena infraestrutura de recarga ainda disponível no País desencoraja as vendas. “A locação, por enquanto, é o único jeito de mais pessoas terem contato com a eletromobilidade”, afirma.

“Mesmo consumidores com condições financeiras para comprarem um carro elétrico nos custos atuais ainda não têm confiança para realizar este investimento devido à dificuldade de recarregamento, especialmente para quem vive em prédios”, acrescenta o presidente da Abla. Por isso, a importância da locação do carro elétrico.

LOCAÇÃO DE CARRO ELÉTRICO ATRAI CONSUMIDORES IDENTIFICADOS COM O CONCEITO DE EMISSÃO ZERO

Além da curiosidade tecnológica de rodar com um carro elétrico, que já atrai consumidores, a identificação com a emissão zero de poluentes é outro fator que contribui para as locações desses veículos.

Segundo o presidente da Abla, hoje existem perto de 1.200 automóveis elétricos ou híbridos disponíveis para locação no Brasil. Esse número vem crescendo a cada ano. Para ser ter ideia, em 2018 eram cerca de 600 unidades.

“O mercado de locação de carro elétrico vem crescendo aos poucos, mas a diversidade dos modelos no País aumenta e a disponibilidade deles nas locadoras crescerá”, destaca André Ricardo, CEO da Solution4Fleet, consultoria que presta serviços para locadoras.

“O crescimento dos elétricos no mercado de locação virá das empresas que precisam reduzir suas emissões e de consumidores que buscam uma experiência diferente e têm esse alinhamento ambiental com o carro elétrico”, explica Ricardo. “Nesse cenário, nos próximos cinco anos, deveremos atingir em torno de 5% de veículos elétricos nas frotas das locadoras”, complementa.

Hoje, o consumidor encontra desde carros elétricos para locar por dia até os contratos com assinaturas por um período maior, envolvendo principalmente modelos mais sofisticados.

UNIDAS TEM 200 CARROS ELÉTRICOS OU HÍBRIDOS PARA LOCAR

A Unidas, uma das maiores locadoras do Brasil, diz ter a maior frota de veículos 100% elétricos ou híbridos para locação no mercado nacional. São 200 unidades, incluindo modelos como o BMW i3 e o VW Golf GTE. O carro da BMW custa a partir de R$ 240,00 por dia, enquanto o da VW sai por R$ 235,00 por dia – ambos com seguro.

“Optamos por assumir o protagonismo de oferecer esses veículos ao mercado, incentivando a demanda e proporcionando aos clientes uma experiência diferenciada. Existe um movimento global de fortalecimento empresarial das práticas ambientais, sociais e de governança, o que vem resultando no crescimento da demanda por veículos eletrificados”, afirma Breno Davis Campolina, Head de Frotas da Unidas.

“O público-alvo desse segmento são clientes que desejam vivenciar a experiência de um veículo eletrificado, sem precisar aplicar os altos recursos necessários para a sua aquisição”, aponta Campolina.

Outras empresas que já oferecem modelos elétricos em locações diárias são a Movida e a BeepBeep. Na Movida, por exemplo, é possível alugar um Nissan Leaf, com autonomia de 378 km, pagando R$ 520,00 por dia (seguro incluso).

FAZER ASSINATURA MENSAL DE UM CARRO ELÉTRICO É OUTRA OPÇÃO

Quem quiser fazer uma assinatura mensal de um automóvel premium encontra opções sofisticadas na Osten Fleet, como Mini Cooper S, Jaguar i-Pace SE e Tesla Model Y. O mais barato é o Mini Cooper S, que custa R$ 5.999,00 mensais no plano de 48 meses.

O mercado de locação de carro elétrico será um dos temas do evento “VE Open”, evento que começa no dia 22 setembro, com a abertura do “Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos (C-MOVE), e inclui também a exposição “Veículo Elétrico Latino-Americano”, a partir do dia 23, e o “Dia da Mobilidade Elétrica”, em 25 de setembro.

O congresso vai acontecer no auditório do Museu do Futebol do Pacaembu, enquanto a exposição será realizada na Praça Charles Miller.

CREDENCIAMENTO DE IMPRENSA

Já está aberto o credenciamento de imprensa para o “VE Open”. A credencial dará acesso total à exposição com os test-drives e a todas as apresentações do congresso.

O acesso dos jornalistas às apresentações do Congresso estará sujeito à disponibilidade de lugares no auditório, devido aos protocolos de segurança estabelecidos para realização de eventos.

O credenciamento antecipado, para evitar filas na entrada, será permitido até o dia 20 de setembro.

Para se credenciar, clique no link: https://bit.ly/2WEpD0S

Para ler mais press releases sobre o evento, clique aqui.

Mais informações em www.velatinoamericano.com.br.

Faltam 21 dias para o mercado brasileiro da eletromobilidade se reunir no evento “VE Open”

veículo elétrico latino-americano
Tesla Model Y será uma das atrações do evento “Veículo Elétrico Latino-Americano”.

O “VE Open” será um dos maiores e mais importantes eventos brasileiros da área da eletromobilidade. Ele será realizado em São Paulo (SP) e incluirá um congresso com especialistas desse mercado, uma feira com apresentação de produtos, veículos e tecnologias, test-drive de veículos elétricos e, ainda, um passeio com veículos elétricos pela cidade.

O “Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos” (C-MOVE), em sua terceira edição, será realizado nos dias 22, 23 e 24 de setembro, no auditório do Museu do Futebol, no Estádio do Pacaembu.  O encontro é avaliado como um dos mais importantes fóruns para discussões dos caminhos que a eletromobilidade seguirá no Brasil nos próximos anos.

A abertura do C-MOVE será no dia 22 de setembro, às 8h30. Depois, a partir das 9h00, tendo o veículo elétrico como protagonista, o C-MOVE será palco de 26 apresentações de, aproximadamente, 130 profissionais desse setor nos seus três dias. As apresentações serão realizadas das 9h00 às 18h00 e poderão ser acompanhadas presencialmente ou pela Internet.

Para saber mais sobre os temas que serão abordados no C-MOVE, basta acessar https://www.congressocmove.com.br/programação.

Para participar do C-MOVE, é preciso se inscrever no endereço https://www.sympla.com.br/c-move-2021—congresso-da-mobilidade-e-veiculos-eletricos__1222335.

EXPOSIÇÃO DE VEÍCULOS ELÉTRICOS E TECNOLOGIAS

Em sua 16ª edição, o “Veículo Elétrico Latino-Americano” é uma feira com exposição de veículos, produtos e tecnologias ligadas à eletromobilidade. O evento será realizado ao ar livre, na Praça Charles Miller, em frente ao Estádio do Pacaembu, das 12h00 às 20h00, nos dias 23, 24 e 25 de setembro.

Serão expostos diferentes veículos elétricos, incluindo motocicletas, carros, patinetes, triciclos, bicicletas, monociclos e o primeiro carro-forte elétrico do mundo, do Grupo Protege. Será, também, a primeira exposição em um evento brasileiro de um automóvel da marca Tesla.

Alguns dos veículos expostos estarão disponíveis numa frota de test-drives que estará à disposição dos visitantes. Além disso, a feira também vai expor produtos e tecnologias essenciais dentro da cadeia da eletromobilidade – como os carregadores de baterias de carros elétricos, por exemplo, entre outros componentes desta indústria.

DIA DA MOBILIDADE ELÉTRICA

Outra atração, no dia 25, a partir das 8h, será o “Dia da Mobilidade Elétrica”. Em sua 5ª edição, a iniciativa ganha, a cada ano, mais adeptos atravessando a cidade a bordo de seus veículos elétricos. O trajeto será o mesmo dos anos anteriores:  saindo das imediações da Rua Treze de Maio, percorrendo a Avenida Paulista e encerrando na Praça Charles Miller.

Para participar, gratuitamente, o público pode se inscrever no endereço www.diadamobilidadeeletrica.com.br/quero-participar. Seus participantes terão a oportunidade de visitar a feira do “Veículo Elétrico Latino-Americano”.

CREDENCIAMENTO DE IMPRENSA

A partir de hoje está aberto o credenciamento de imprensa para o “VE Open”. A credencial dará acesso total à exposição com os test-drives e a todas as apresentações do congresso. O acesso dos jornalistas às apresentações do Congresso estarão sujeitas à disponibilidade de lugares no auditório, devido aos protocolos de segurança estabelecidos para realização de eventos.O credenciamento antecipado, para evitar filas na entrada, será permitido até o dia20 de setembro.

Para se credenciar, clique no link: https://bit.ly/2WEpD0S

Mais informações em www.velatinoamericano.com.br.

PRESS RELEASE COMPLETO:

FOTOS EM ALTA RESOLUÇÃO:

Nova lei paulistana aquece o mercado de recarga de veículos elétricos

Recarga de veículos
A empresa especializada Zletric pode alugar um carregador nacional, feito no Rio Grande do Sul, com assinatura mensal a partir de R$ 169,00.

A nova Lei municipal que prevê a obrigatoriedade da instalação de carregadores de veículos elétricos e híbridos em edifícios residenciais e comerciais da capital paulista desde 31 de março já está impactando os negócios das empresas do segmento de recarga de veículos.

“As consultas e negócios com as construtoras quintuplicaram de abril para cá”, informa Pedro Schaan, CEO da Zletric, empresa com sede em Porto Alegre (RS) que já possui cerca de 100 pontos de carregamento espalhados pelos estados do RS, SC, SP e RJ e se prepara para começar a atuar no PR.

“Nossa meta é chegar a 300 pontos até o final de 2021”, prevê ele.

Apesar de garantir um crescimento dessa estrutura de recarga de veículos na cidade, a nova legislação paulistana ainda causa dúvidas no mercado.

“Essa lei não específica quantos carregadores devem ser instalados em cada prédio. E se, por exemplo, for um para cada vaga de automóvel elétrico, como será feito com os condomínios que fazem um rodízio entre as vagas?”, questiona Schaan.

RECARGA DE VEÍCULOS COM EQUIPAMENTOS ALUGADOS

A Zletric, porém, já montou sua estratégia para atender essa demanda. De acordo com Pedro, a forma mais segura e economicamente viável para as construtoras lidarem com a lei é entregarem os novos edifícios ou condomínios de São Paulo com todas as suas vagas previamente preparadas para receberem um aparelho de recarga de veículos no futuro.

A Zletric oferece esse serviço de consultoria às construtoras para essa preparação, orientando sobre todos os procedimentos necessários para cada vaga receber o seu carregador individual.

A partir dessa preparação, quando houver demanda, a Zletric poderá alugar um carregador nacional, feito no RS, com assinatura mensal a partir de R$ 169,00. O cliente acionará o seu carregador por meio de um aplicativo no celular e pagará individualmente pelo consumo de energia.

Quanto custa carregar um carro elétrico? Segundo Pedro Schaan, para um motorista que rodar em torno de 30 km por dia com seu automóvel, esse custo oscilará entre R$ 200,00 a R$ 300,00 mensais.

CARREGADORES TAMBÉM PODEM SERM COMPRADOS

Mas há outros tipos de soluções disponíveis no mercado. A Electric Mobility Brasil, que opera neste mercado desde 2016 e já comercializou 1.600 pontos de recarga no País, aposta na venda dos seus carregadores portugueses da marca Efacec Electric Mobility.

De acordo com Eduardo Sousa, CEO da empresa, as consultas das construtoras cresceram muito desde o início do ano.

“A lei deixa algumas dúvidas, mas eu entendo que pelo menos um ponto de recarga seja obrigatório o prédio oferecer”, diz Sousa. Essa infraestrutura poderá crescer aos poucos, de acordo com a demanda que seja criada no futuro.

“Existem empreendimentos premium que decidiram que todas as suas vagas de veículos serão equipadas com um carregador. É uma estratégia de marketing dessas construtoras. Já fizemos vendas de 20 a 25 pontos de recarga em um mesmo edifício”, explica.

Os carregadores da Electric Mobility Brasil custam, aproximadamente, entre R$ 7.000,00 e R$ 15.000,00. O preço varia de acordo com a potência do aparelho e também em função de recursos “inteligentes”.

Por exemplo: o mesmo carregador pode atender vários moradores, cada um deles utilizando um cartão de acesso personalizado, que permite a cobrança individualizada do consumo.

VEÍCULO ELÉTRICO LATINO-AMERICANO

Zletric e Electric Mobility Brasil vão expor suas tecnologias e soluções para o mercado de recarga no “Veículo Elétrico Latino-Americano”, que será realizado em São Paulo (SP), entre 23 e 25 de setembro. Elas também vão participar do “Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos” (C-MOVE), que acontecerá nos dias 23 e 24 de setembro, no auditório do Museu do Futebol do Pacaembu. Mais informações em www.velatinoamericano.com.br.

COMO PARTICIPAR?

Para participar do C-MOVE, o público deve acessar www.sympla.com.br/c-move-2021—congresso-de-mobilidade-e-veiculos-eletricos__1222335.

EVENTO SERÁ REALIZADO AO AR LIVRE

Em sua 16ª edição, o “Veículo Elétrico Latino-Americano” terá muitas outras atrações e, em 2021, levará o nome de “VE Open”, um modelo de evento atualizado ao momento da pandemia no País.

O local também foi alterado. Pela primeira vez, o VE será realizado ao ar livre, na Praça Charles Miller, em frente ao Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

O “VE Open” será realizado entre 23 e 25 de setembro com uma programação diária e intensa voltada para a mobilidade elétrica. Nos três dias do evento, vai acontecer uma feira com exposição de veículos, equipamentos e tecnologias do mercado da eletromobilidade.

Para saber mais o “Veículo Elétrico Latino-Americano”, clique aqui, ou no site do evento.

Veículos elétricos: C-MOVE apontará os caminhos desse mercado no Brasil

Veículos elétricos na Noruega.
Na Noruega, pela primeira vez em 2020, foram vendidos mais carros novos elétricos do que movidos a motor de combustão. País é destaque mundial em veículos elétricos.

O avanço dos veículos elétricos pelo mundo vem provocando debates cada vez mais importantes no mercado brasileiro, envolvendo fabricantes, importadores, fornecedores de componentes, especialistas, entidades do setor, membros da academia, representantes do Legislativo e atores dos Governos Executivos nas três esferas – federal, estaduais e municipais.

O objetivo é entender os desafios e obstáculos atuais, definir metas e propor políticas públicas para pavimentar o caminho que o mercado de veículos elétricos trilhará por aqui nos próximos anos.

Um dos mais importantes fóruns do País para estas discussões é o “Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos” (C-MOVE). O encontro vai acontecer nos dias 23 e 24 de setembro, das 9h às 18h, no auditório do Museu do Futebol, no Pacaembu, em São Paulo (SP).

O C-MOVE ocorre dentro do evento “Veículo Elétrico Latino-Americano” (www.velatinoamericano.com.br), que acontece de 23 a 25 de setembro, das 12h às 20h.

Para ler mais sobre estes eventos, clique aqui.

C-MOVE JÁ TEM NOMES DE PESO ENTRE OS CONFIRMADOS DEBATER SOBRE O MECARDO DE VEÍCULOS ELÉTRICOS

Para o encontro deste ano já estão confirmados nomes de peso deste mercado, como Iêda Oliveira, diretora da Eletra – empresa referência nacional e internacional em transporte público sustentável que há décadas lida com essa tecnologia no Brasil.

A Eletra integra o e-Consórcio, liderado pela VW Caminhões e Ônibus, e que conta com várias outras empresas de tecnologia. Dessa parceria nasceu o caminhão elétrico e-Delivery, único 100% concebido, desenvolvido, testado e aprovado em território brasileiro.

A Eletra também é parceira do Grupo Protege. Juntos, eles apresentaram em junho o primeiro carro-forte 100% elétrico do mundo.

Outra empresa que vem se destacando no mercado de veículos elétricos é a BYD, cujas vendas mundiais de automóveis elétricos cresceram 207,1% em junho.

No Brasil, o veículo elétrico mais emplacado em junho também foi da BYD: um comercial leve, o Furgão BYD eT3, com 83 unidades. Eles foram destinados à TB Green, empresa de soluções integradas de locação de frotas verdes, fornecimento de mão de obra e gestão de resíduos e limpeza urbana.

O diretor de Marketing e Sustentabilidade da BYD, Adalberto Maluf, é outro nome importante confirmado para o congresso. Ele também participa do evento como presidente da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE).

ENTIDADES E EMPRESAS DO SETOR ESTARÃO PRESENTES

Outros nomes confirmados são David Noronha, CEO da Energy Source (fabricante de baterias); Rui Almeida, diretor da Riba Brasil (montadora de scooters elétricos) e vice-presidente de Levíssimos da ABVE; Márcio Canzian, CEO da Eletricz (referência em monociclos elétricos no Brasil); Wilson de Morais, engenheiro e gerente de produto da empresa suíça ABB (empresa com sede na Suíça focada em energias e automação); Daniel Maia, CEO da Athon Energia (especializada no desenvolvimento de energias); Raul Beck, consultor especialista da Fundação CPQD da SAE Brasil; André Fortes, co-fundador e coordenador da Lemob (Laboratório da Eletromobilidade); Marcus Regis, coordenador executivo da PNME (Plataforma Nacional da Mobilidade Elétrica); Police Neto, ex-vereador de São Paulo e consultor em mobilidade urbana sustentável; Rogério Markievicz, presidente da Abravei (Associação Brasileira dos Proprietários de Veículos Elétricos Inovadores); Paulo Humberto Gouvea, diretor de Soluções Corporativas da TIM; e Flávia Consoni, professora doutora do Programa de Pós-Graduação em Política Científica e Tecnológica do Instituto de Geociências da Unicamp.

CASE DA NORUEGA SERÁ UMA DAS ATRAÇÕES

O case de sucesso da Noruega no mercado mundial de veículos elétricos será uma das atrações do C-MOVE. Apesar de ser uma grande produtora de petróleo, a Noruega sempre manteve um consumo baixo desse combustível, devido à sua matriz energética.

A energia hidrelétrica é a espinha dorsal da energia do país. Para se ter ideia, ela é o maior produtor de energia hidrelétrica da Europa e a sexta do mundo.

No congresso, a Innovation Norway, entidade norueguesa que opera dentro do Consulado Geral da Noruega, no Rio de Janeiro (RJ), vai mostrar como essa “vocação” elétrica motivou a Noruega a desenvolver ações de incentivo aos veículos elétricos já no início dos anos 90, uma conversa que só agora, 30 anos depois, começa a ganhar forma no Brasil.

Como resultado, no ano passado, pela primeira vez, as vendas de veículos elétricos superaram as de veículos convencionais. Em 2020, 54,4% das vendas por lá foram de elétricos. Foi o primeiro país do mundo a atingir essa façanha.

E a Noruega tem ambições ainda mais ousadas para os próximos anos, informa a Innovation Norway. Uma das metas é reduzir o total de suas emissões em 40% até 2030. Para tanto, existem projetos não só de carros elétricos, mas também de aviões e navios.

Em 2023 será criada uma primeira rota de voo comercial doméstico elétrico. Atualmente, 40% das embarcações elétricas do mundo já são norueguesas. O setor marítimo projeta atingir “zero emissões” em 2050.

No setor automotivo, a Noruega planeja que, já em 2025, todos os novos automóveis vendidos para o consumidor sejam elétricos.

COMO PARTICIPAR?

Para participar do C-MOVE, o público deve acessar www.sympla.com.br/c-move-2021—congresso-de-mobilidade-e-veiculos-eletricos__1222335.

EVENTO SOBRE VEÍCULOS ELÉTRICOS SERÁ REALIZADO AO AR LIVRE

Em sua 16ª edição, o “Veículo Elétrico Latino-Americano” terá muitas outras atrações e, em 2021, levará o nome de “VE Open”, um modelo de evento atualizado ao momento da pandemia no País.

O local também foi alterado. Pela primeira vez, o VE será realizado ao ar livre, na Praça Charles Miller, em frente ao Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

O “VE Open” será realizado entre 23 e 25 de setembro com uma programação diária e intensa voltada para a mobilidade elétrica. Nos três dias do evento, vai acontecer uma feira com exposição de veículos, equipamentos e tecnologias do mercado da eletromobilidade.

PRESS RELEASE COMPLETO:

FOTO EM ALTA RESOLUÇÃO:

Veículos elétricos na Noruega.

Carro da Tesla será exposto pela primeira vez no Brasil no “Veículo Elétrico Latino-Americano

Veículo elétrico Model Y, da Tesla.
Modelo Y, da Tesla, deverá ser uma das grandes atrações do evento “Veículo Elétrico Latino-Americano”, em setembro, em São Paulo (SP).

Uma das atrações já confirmadas para o “Veículo Elétrico Latino-Americano” (VE) será um carro elétrico da marca norte-americana Tesla.

Será a primeira vez que um Tesla será exposto num evento realizado no Brasil. A Tesla começou a ser vendida no Brasil em março deste ano, por meio da Osten Group.

Criada em 2003, em São Francisco, nos Estados Unidos, a Tesla é uma das montadoras mais valorizadas do mundo. A empresa é referência quando se fala em veículo elétrico no planeta e produz vários modelos de automóveis de alto desempenho.

A Osten planeja expor no VE uma das versões que compõe o modelo Y da Tesla, cujos preços oscilam entre R$ 525 mil e R$ 780 mil no mercado brasileiro.

Além da venda, os carros da Tesla também estão disponíveis pelo serviço de assinatura mensal,  com contrato mínimo de um ano.

O modelo Y é um SUV totalmente elétrico, de tamanho médio, capaz de acomodar até sete adultos com conforto, segurança e muita tecnologia.

Equipado com tração integral e motor de 480 cv, a versão Performance (top de linha) acelera de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos, atingindo velocidade máxima de 250 km/h. A autonomia da bateria é de 487 quilômetros. É um veículo elétrico de alto desempenho.

VEÍCULO ELÉTRICO DE ALTO DESEMPENHO

Além da tecnologia voltada para a mobilidade elétrica, o modelo é cheio de recursos luxuosos, como radar frontal (fornecendo uma visão de longo alcance de objetos distantes), câmeras traseiras, laterais e frontais, volante aquecido, todos os assentos com aquecimento, teto solar panorâmico, faróis de neblina em LED, sensores de estacionamento (com alerta de ponto cego) e tecnologias de segurança ativa (como frenagem automática de emergência).

 A conectividade é outro destaque. Seu console central possui quatro entradas USB e tecnologia Bluetooth. O sistema de áudio tem 14 alto-falantes. Numa tela touch screen de 15 polegadas seu usuário tem acesso a mapas e GPS.

 Durante o “Veículo Elétrico Latino-Americano”, o carro ficará aberto para que o público possa entrar dentro dele e conhecer de perto suas inovações tecnológicas. Um especialista da Osten Group explicará aos visitantes sobre as funcionalidades deste veículo elétrico.

“Para a Osten Group é muito importante estar presente no Veículo Elétrico Latino-Americano. A Tesla reúne o melhor em segurança, tecnologia, desempenho e sustentabilidade e, no VE, o público poderá conhecer os melhores elementos do conceito de user experience e eficiência energética desta marca”, explica Liandra Boschiero, gerente da Osten Fleet.  Atualmente, existem 10 Tesla no Brasil e mais 10 devem chegar até dezembro.

EVENTO SOBRE VEÍCULO ELÉTRICO SERÁ REALIZADO AO AR LIVRE

Em sua 16ª edição, o “Veículo Elétrico Latino-Americano” terá muitas outras atrações e, em 2021, levará o nome de “VE Open”, um modelo de evento atualizado ao momento da pandemia no País. O local também foi alterado. Pela primeira vez, o VE será realizado ao ar livre, na Praça Charles Miller, em frente ao Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

“A pandemia nos trouxe novos desafios, novos modelos de trabalho e diferentes formas de interação. O VE Open deste ano seguirá um novo estilo: aberto e seguro. O avanço da vacinação em São Paulo contribui para oferecer mais segurança aos participantes e visitantes”, afirma Ricardo Guggisberg, fundador do “Veículo Elétrico Latino-Americano” e presidente do Instituto Brasileiro de Mobilidade Sustentável (IBMS), uma das entidades que apóiam o evento.

O evento seguirá os protocolos de segurança definidos pelas autoridades de saúde da Prefeitura. Com relação ao público, a ideia é oferecer diferentes turnos de visitação para pequenos grupos – ao se credenciar, a pessoa já deve informar o horário da sua visita. “Assim poderemos controlar o número de pessoas que receberemos em cada turno de cada dia”, ressalta Guggisberg.

PRÊMIO ELETROMOBILIDADE

O “VE Open” será realizado entre 23 e 25 de setembro com uma programação diária e intensa voltada para a mobilidade elétrica.

No primeiro dia, às 18h, por exemplo, serão anunciados os vencedores da primeira edição do “Prêmio Eletromobilidade”, promovido pela Agência Autoinforme, pela Texto Final de Comunicação e pela MES Eventos, organizadora do “VE Open”.

O prêmio foi criado para homenagear empresas, órgãos governamentais, entidades e personalidades do setor. Poderão concorrer empresas privadas, entidades (universidades, institutos de pesquisa) e órgãos governamentais.

As inscrições já podem ser feitas pelo site www.velatinoamericano.com.br, e serão encerradas em 23 de agosto.

Nos três dias do evento, das 12h às 20h, vai acontecer uma feira com exposição de veículos, equipamentos e tecnologias do mercado da eletromobilidade – como será o caso da marca Tesla.

O FUTURO DESTE MERCADO NO BRASIL

Nos dias 23 e 24, das 9h às 18h, acontecerá a 3ª edição do “Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos” (C-MOVE). O encontro é avaliado como um dos mais importantes fóruns para discussões dos caminhos que o mercado de elétricos seguirá nos próximos anos.

Serão dois dias de muitos conteúdos no auditório do Museu do Futebol, no Pacaembu. O público poderá acompanhar tudo presencialmente ou pela Internet, ao vivo.

Tendo o veículo elétrico como protagonista, o C-MOVE abordará questões como: desafios para o desenvolvimento da eletromobilidade no Brasil, futuros lançamentos no mercado brasileiro de novos veículos e tecnologias, oportunidades de empregos e negócios neste segmento, tecnologias de carregamento, eletropostos, baterias mais indicadas para o uso no Brasil, possibilidades de uso de minério brasileiro na fabricação de baterias e eletromobilidade no transporte público, entre vários outros temas.

Além disso, também serão apresentados cases mundiais de sucesso envolvendo o veículo elétrico. Para participar do C-MOVE, o público deve acessar aqui.

Outra atração, no dia 25, a partir das 8h, será o “Dia da Mobilidade Elétrica”. Em sua 5ª edição, a iniciativa ganha, a cada ano, mais adeptos atravessando a cidade a bordo de um veículo elétrico. O trajeto será o mesmo dos anos anteriores:  saindo na Rua Treze de Maio, percorrendo a Avenida Paulista e encerrando na Praça Charles Miller.

Para participar, gratuitamente, o público pode se inscrever aqui.

Seus participantes terão a oportunidade de visitar a feira do “Veículo Elétrico Latino-Americano”.

Mais informações em www.velatinoamericano.com.br.

PRESS RELEASE COMPLETO:

FOTOS EM ALTA RESOLUÇÃO: