Briga na Moto2 esquenta com vitória de Brad Binder, na Austrália; novo recorde de velocidade é quebrado!

4

O piloto sul-africano Brad Binder conquistou uma terceira vitória nesta temporada fantástica da Moto2, na prova do último domingo, no GP da Austrália, no circuito de Phillip Island. Foi uma vitória incontestável. Binder pulou do segundo lugar no grid para a liderança e ali permaneceu até o final da corrida. Seu companheiro de equipe, Jorge Martin, também fez uma corrida fantástica para dar à equipe da Red Bull KTM Ajo os dois primeiros lugares. Martim saltou do quinto para o segundo lugar na primeira volta e foi seguindo Binder até o fim para conquistar seu segundo pódio na temporada.

Atrás deles, veio o piloto que está subindo no campeonato, o suíço Tom Luthi. O piloto da Dynavolt Intact GP começou a prova apenas na décima colocação, depois de uma sessão de qualificação afetada pelo clima, mas lutou muito para terminar em terceiro lugar e subir no pódio pela sexta vez na temporada, diminuindo a diferença para o líder do campeonato, o espanhol Alex Marques, que agora é de 28 pontos. Marques chegou em oitavo.

Luthi diminuiu em 18 pontos a diferença para Marquez nas duas últimas corridas e, com 50 pontos restantes nas duas últimas corridas, a disputa pelo título está aberta. Em um momento da temporada em que os títulos da MotoGP e da Moto3 já foram decididos, na Moto2 os quatro primeiros colocados ainda têm chances matemáticas de conquistar o título, o que comprova o quão acirrada está a briga da categoria neste ano com o motor Triumph.

Stefano Manzi foi o homem mais rápido do fim de semana, em termos de velocidade máxima. Na sessão de aquecimento da manhã de domingo, o italiano estabeleceu um novo recorde absoluto de velocidade máxima da Moto2, atingindo 301,8 km/h. Três pilotos superaram a marca dos 300 km/h.

“Se pensávamos que o campeonato já havia terminado antes, está realmente se intensificando agora! Enquanto os títulos de MotoGP e Moto3 estão decididos, os quatro primeiros pilotos da Moto2 têm chances matemáticas de ganhar o título, que mostra o quão acirrada a categoria está. Alex poderá reencontrar sua forma do meio da temporada e terminar em alta para defender sua liderança? Tom conseguirá continuar diminuindo a distância e fazer o suficiente nas duas últimas corridas para roubar o título? Com duas vitórias e um segundo lugar nas últimas quatro corridas, Brad conseguirá assumir a liderança nas etapas finais? Uma coisa é certa: a primeira temporada da Moto2 com motor Triumph será disputada até o fim da última corrida! Também estou muito satisfeito por ver o recorde de velocidade máxima da Moto2 quebrado novamente, com incríveis 301,8 km/h. Nossa primeira temporada na categoria superou nossas expectativas”, afirmou Steve Sargent, diretor de Produtos da Triumph.

O motor de corrida Triumph Moto2 de 765 cc é um desenvolvimento da motocicleta de estrada Street Triple RS 765cc, líder da sua categoria, que produz 140 cv de potência. A seguir, na Moto2, teremos o GP da Malásia no próximo fim de semana, de 1 a 3 de novembro.

SOBRE A TRIUMPH

A Triumph Motorcycles Brazil é uma das 12 subsidiárias da empresa pelo mundo e conta com sede em São Paulo (SP) e fábrica em Manaus. A marca conta com 18 Concessionárias no Brasil nas cidades de São Paulo (SP), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), São José dos Campos (SP), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Goiânia (GO), Florianópolis (SC), João Pessoa (PB), Londrina (PR), Vitória (ES), Várzea Grande (MT), Fortaleza (CE) e, mais recentemente, Salvador (BA). A Triumph possui o portfólio mais completo do mercado entre as marcas premium, oferecendo três pilares principais de produtos: Clássica, Adventure e Roadster.

Fundada em 1902, a Triumph Motorcycles é uma empresa global, atuando diretamente em 13 países, por meio de suas filiais, e indiretamente em mais 57 mercados, através de distribuidores independentes. A Triumph é a maior fabricante britânica de motos e a marca que mais cresce no segmento acima de 500 cc nos países nos quais está presente. O faturamento mundial da empresa gira em torno de R$ 2,1 bilhões e suas vendas no varejo superam as 63.400 unidades anuais, com produção acima de 67.000 motos por ano. No mundo todo, a Triumph possui mais de 700 concessionárias e perto de 2.000 funcionários.

PRESS RELEASE COMPLETO:
Moto2 – GP da Austrália

FOTOS EM ALTA RESOLUÇÃO: