SUGESTÃO DE PAUTA: como escolher um bom corretor de seguros

adevaldocalegari

Além de selecionar o seguro mais adequado ao seu perfil e reais necessidades, o consumidor também precisa ficar atento ao escolher um bom corretor de seguros. É fundamental consultar sempre um profissional credenciado, experiente e sério antes de fechar qualquer negócio.
“O corretor de seguros representa o segurado junto à seguradora. É ele quem conhece melhor os produtos e, por isso, quem pode melhor assessorar o consumidor. O bom corretor deve agir não apenas como um vendedor, mas, sobretudo, como um consultor na indicação do melhor tipo de apólice e também defendendo os interesses do cliente em caso de sinistro”, explica Adevaldo Calegari, mentor do Clube dos Corretores de Seguros de São Paulo e fundador da Progetto Corretora de Seguros, que atua há 30 anos no segmento de seguros. Veja abaixo algumas dicas que ajudam a identificar um bom corretor:
Habilitação profissional. Verifique se o profissional possui o Título de Habilitação expedido pela Superintendência de Seguros Privados (Susep). Existem muitos “vendedores” de seguros despreparados que não estão habilitados oficialmente e trabalham ligados indiretamente e informalmente a corretoras e outras empresas. Isso significa que, especialmente no caso de sinistro, o cliente poderá ter mais dificuldades.
Ética e relacionamento no mercado. Há quanto tempo existe a corretora? Quem são seus profissionais? Como é a ética desta empresa? Como é seu relacionamento no mercado, com clientes e também com seguradoras? Tente pesquisar estas questões para fugir de profissionais despreparados para este trabalho.
Endereço comercial fixo. Cheque se o corretor está estabelecido comercialmente. Conheça seu endereço completo e descubra se ele possui um telefone fixo (e não apenas um celular) e uma estrutura de atendimento adequada no caso dele estar fora.
Credenciamento junto às seguradoras. O credenciamento do corretor junto a determinada seguradora indica que ele está cadastrado e autorizado a operar naquela companhia. Quanto maior for o número de credenciamentos, mais opções e melhores preços terão os seus clientes. Isso também mostrará que o profissional tem independência para operar com a seguradora que ofereça produtos de acordo com perfil real de cada consumidor. Evite corretores que trabalham somente com algumas seguradoras.
Faça pelo menos dois orçamentos. No final, você deve comparar os preços cobrados pelos serviços de pelo menos dois corretores escolhidos. Mas cuidado: nem sempre o mais barato é a melhor opção. Leve em consideração todos os pontos aqui levantados e também observe se as apólices cotadas por cada corretor são realmente idênticas (cheque, por exemplo, pontos importantes como o valor da franquia em caso de sinistro nos seguros de veículos).

VEJA O PRESS RELEASE COMPLETO:
escolher bom corretor

FOTOS EM ALTA RESOLUÇÃO:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: