Especialista explica a viticultura australiana e dá dicas de harmonização

Vinhos da Austrália

No livro e e-book “Vinhos da Austrália: o guia definitivo para você entender os vinhos australianos”, a advogada e escritora Alessandra Esteves nos conta um pouco sobre as uvas mais plantadas nas diversas regiões do País e sugere harmonizações. “As uvas plantadas na Austrália não têm origem local, todas foram trazidas por imigrantes de diversos países europeus. Porém, fui surpreendida tanto pelas regiões vinícolas, quanto pelos centros de pesquisa, que trabalham para que a viticultura de altíssima qualidade avance no País”, explica a especialista.
Segundo a expert em vinhos, as uvas Shiraz e Chardonnay reinam absolutas entre as uvas mais plantadas na Austrália, mas não é possível deixar de lado outros tipos de uvas cultivadas no País como Riesling, Semillon e Cabernet Sauvignon.
A uva Shiraz/Syrah, por exemplo, foi uma das primeiras trazidas para o solo australiano e há significativas plantações com mais de 100 anos de idade. Ela é plantada em todo o País e produz diferentes estilos. Em regiões de clima frio, dá vinhos de corpo médio e com muitas especiarias. Já as regiões quentes produzem vinhos mais potentes, com bastante corpo e aroma de frutas negras. Ele pode ser engarrafado como vinho varietal (100% Shiraz) ou pode ser mesclado com Cabernet Sauvignon, Grenache e Mourvèdre, em algumas regiões.

VEJA O PRESS RELEASE COMPLETO:
Uvas da Austrália e harmonização vinhos

FOTOS EM ALTA RESOLUÇÃO:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: